Unifesp terá campus em Itaquera

0 296

Prefeito Haddad assinou Projetos de Lei para cessão de terreno em Itaquera.

O prefeito Fernando Haddad e a Presidenta Dilma Rousseff no evento de assinatura de projetos
O prefeito Fernando Haddad e a Presidenta Dilma Rousseff no evento de assinatura de projetos


O prefeito Fernando Haddad assinou na tarde de sexta-feira, dia 25, os projetos de lei a serem enviados para a Câmara Municipal solicitando a cessão de dois terrenos: um em Itaquera, para a construção de campus da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), e outro em Pirituba, para a criação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

Os projetos foram assinados em cerimônia com a presidenta Dilma Rousseff, em Itaquera. Na ocasião, o prefeito destacou a luta da população da zona leste pela construção da Universidade.

“Quantas vezes o povo não abraçou o terreno da Gazarra?”, lembrou Haddad, se referindo ao local que já abrigou uma metalúrgica e que irá receber a universidade federal. Haddad ainda ressaltou que o novo campus fecha o anel universitário metropolitano de São Paulo. “Um sonho de quatro anos vira realidade. A Universidade é de vocês”, disse o prefeito.

No evento, Dilma entregou 300 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida na capital paulista. Com a entrega, 181 famílias deixaram de morar em áreas de alto risco.

“A parceria com o governo do prefeito Haddad é importante porque nós precisamos de terrenos, saneamento e acesso. Hoje o Brasil tem de fato um dos maiores programas de moradia popular do mundo porque nós optamos por isso”, destacou a presidenta Dilma Rousseff.

A cidade também recebeu do Governo Federal 84 ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a cidade. As novas ambulâncias irão substituir os veículos que já estão em uso, modernizando a frota atual da cidade de 171 ambulâncias.

Além disso, o prefeito também assinou termos para a construção de dois reservatórios de contenção de cheias nos córregos Aricanduva (zona leste) e Zavuvús (zona sul), além de obras de contenção em áreas de risco.

“Serão empregados nas obras R$ 74 bilhões para combater as enchentes e também garantir que as encostas recebam o cuidado necessário para evitar o risco aos moradores dessas áreas. Estas três obras também serão construídas em parceria com o Ministério da Cidade”, disse Haddad.

Parcerias

Antes de se reunir com Dilma, o prefeito participou de uma solenidade no Palácio dos Bandeirantes com o governador Geraldo Alckmin para o lançamento de um Centro Integrado para atletas paralímpicos.

Foi a segunda vez que Haddad e Alckmin se encontraram nesta semana. Na terça-feira, dia 22, prefeito e governador criaram um grupo de trabalho para estabelecer parcerias. Na ocasião, ambos anunciaram investimentos conjuntos em habitação, transportes, segurança, macrodrenagem e educação.

Para o prefeito, estas parcerias são o presente de aniversário do poder público para a cidade de São Paulo.

“Tudo isso mostra que nós podemos colocar o interesse dos cidadãos acima de qualquer interesse partidário, podemos somar em proveito do cidadão. São gestos importantes na semana do aniversario da cidade. Esta semana tem por trás um gesto simbólico de como nos pretendemos governar São Paulo”, declarou Haddad.

Reportagem: Da Redação. Foto: Divulgação.

Comentários
Carregando...