Morador de São Miguel é sorteado no programa “Sua Nota Vale 1 Milhão”

0 168

Número de adesões ao programa cresce 3,5 vezes em relação ao ano passado.

Mais um cidadão paulistano irá receber o prêmio milionário que a Prefeitura de São Paulo distribui mensalmente com o Programa “Sua Nota Vale 1 Milhão”. Na tarde de quarta-feira (5), um homem do Jardim Bartira foi o premiado da vez durante o 4º sorteio da Nota do Milhão, com uma nota fiscal de R$ 454, que havia sido emitida em uma escola de São Miguel Paulista.

O sorteio, realizado no espaço Caixa Loterias, no Terminal Tietê, contou com a presença do secretário municipal da Fazenda, Caio Megale, e da vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal, Deusdina dos Reis Pereira. Nesta edição, cerca de 1.440.341 bilhetes estavam concorrendo.

Lançado em março pela Prefeitura de São Paulo, o programa “Sua Nota Vale 1 Milhão” tem o objetivo de incentivar os cidadãos a pedirem a nota fiscal aos prestadores de serviços da cidade, como estacionamentos, academias, escolas particulares, lavanderias, faculdades, construtoras, hotéis, cabeleireiros, entre outros. Desta forma, além de concorrerem mensalmente ao prêmio milionário, os munícipes também contribuem no combate à sonegação de impostos, principalmente do ISS (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza).

Analisando o período entre março e maio, o número de NFS-e emitidas aumentou cerca de 26%, em comparação com o mesmo período de 2016. Além disso, cerca de 170 mil pessoas físicas aderiram ao sorteio desde o lançamento do programa, o que representa um número 3,5 vezes maior de adesões em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, já são mais de 1 milhão e 100 mil pessoas físicas que participam do sorteio milionário.

Foram realizados outros três sorteios mensais de R$ 1 milhão cada, sendo que o primeiro bilhete premiado foi referente à uma NFS-e emitida em uma corretora de imóveis, o segundo em um estacionamento e o terceiro em uma instituição de ensino. Além de oferecer a chance de concorrer ao prêmio de R$ 1 milhão todos os meses, o programa também visa garantir que todos os estabelecimentos prestadores de serviços estejam em dia e regularizados com a Prefeitura.

No primeiro semestre de 2017, mais 1.800 ações fiscais foram realizadas em diversos tipos de estabelecimentos, como serviços de valets, salões de beleza, autoescolas, cursos de idiomas, cursos de música, academias, universidades, prédios comerciais, escritórios virtuais, shoppings, concessionárias, dentre outros. Em cerca de 300 estabelecimentos fiscalizados “in loco” pela equipe de auditores fiscais, 70% apresentaram indícios de sonegação fiscal. Até o momento, 16.734 autos de infração foram notificados, correspondendo a R$ 574 milhões, aproximadamente. Os maiores índices de irregularidades foram registrados nos serviços de valets, correspondendo a 95%.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Comentários
Carregando...