Filas lotam UBS Vila Manchester e Formosa I

0 80
Campanha oficial contra a febre amarela começa dia 26 de janeiro

Mairiporã registrou na tarde de 17 de janeiro mais uma morte por febre amarela, totalizando 22 óbitos pela doença no Estado de São Paulo.

Com o objetivo de imunizar 2,6 milhões de moradores das zonas leste e sul da capital, a Prefeitura de São Paulo anunciou uma campanha de vacinação contra a febre amarela.

Na região, as UBS’s Vila Nova Manchester e Formosa I já realizam a imunização. Utilizando doses fracionadas da vacina, mais 8 distritos da zona leste receberão o mutirão a partir de 26 de janeiro.

Com o aumento no número de casos e mortos pela doença, a procura pela vacina tem sobrecarregado postos de saúde.

A unidade de Vila Manchester já chegou a contabilizar 6 mil pessoas na fila para vacinação. Já na UBS Formosa I, a distribuição de senhas inicia a partir das 7 da manhã. Mas, moradores da região chegam ao posto à meia-noite para conseguir atendimento.

Segundo Rosely Mathias, enfermeira na clínica de vacinação Imunizando, no Tatuapé, antes de vacinar é necessária uma avaliação individual para que a vacina seja aplicada de forma segura. “Nesse momento, é fundamental que pessoas que moram ou se deslocam para áreas já denominadas com risco de exposição à doença recebam a vacina.”, completa.

Vale lembrar que a febre amarela é uma doença infecciosa causada por vírus transmitido pela picada de mosquito infectado. Ou seja, não existe a transmissão de pessoa para pessoa ou de primata (macacos, bugios e outras espécies) para pessoa.

Reportagem: Barbara Novaes. Foto: Fabio Lima.

Comentários
Carregando...