O verão está chegando, saiba como se alimentar corretamente

Nessa época do ano, a dica é priorizar a ingestão de frutas e sucos naturais, grandes quantidades de legumes e verduras e evitar a ingestão de alimentos ultraprocessados

1.305

A estação mais quente do ano está chegando e com ela vêm o período de férias, viagens à praia, clube, passeios ao ar livre, altas temperaturas e o calor excessivo. Para aproveitar todo esse clima com segurança, o segredo é cuidar da saúde.

A nutricionista do Hospital Dom Alvarenga, Evelyn Teixeira, explica que durante o verão, devido as suas altas temperaturas, o organismo tende a ficar mais lento, o que pode tornar a digestão um pouco mais devagar. “É importante evitar alimentos gordurosos e com pouca fibra, uma vez que podem ocasionar desconforto gástrico, constipação, dores e muitos outros problemas”, alerta a nutricionista.

Como nessa época do ano o corpo transpira mais e o metabolismo está trabalhando a todo vapor, segundo a nutricionista, deve-se priorizar a ingestão de frutas e sucos naturais, grandes quantidades de legumes e verduras, e evitar a ingestão de alimentos ultraprocessados.

Algo que deve ser levado muito a sério é a hidratação, alerta Evelyn. “Durante o verão, carregue sempre uma garrafa de água e, após qualquer atividade ao ar livre, dê prioridade para água de coco ou, então, sucos naturais. Eles irão repor os eletrólitos perdidos durante a prática esportiva e farão com que seu organismo continue a funcionar corretamente”. A especialista reforça, ainda, que refrigerantes e sucos industrializados não devem ser ingeridos para hidratar.

É importante também manter uma dieta balanceada, composta por frutas, legumes e verduras frescas que, durante o verão, são mais fáceis de encontrar na feira. Por esse motivo, aproveite a estação para desintoxicar o corpo e aumentar o metabolismo. “Frutas como melancia, abacaxi, pêra, pêssego e uva são opções excelentes para serem consumidas nessa época”, conta Evelyn.

Em relação às bebidas alcoólicas, Evelyn explica que quanto maior o teor alcoólico da bebida, maior é a diurese, ou seja, a produção de urina. E, com isso, o corpo fica mais desidratado. “Por isso, esqueça aquela ideia de se hidratar na praia com uma cervejinha gelada. Ela faz mais mal do que bem.”

“Vale lembrar que para transportar e armazenar seus alimentos, invista numa bolsa térmica e potes de plástico. Lembre-se sempre de levar saquinhos plásticos para recolher o lixo usado, preservando, assim, o meio ambiente”, finaliza Evelyn Teixeira.

Reportagem: Da Redação. Foto: Divulgação.

Comentários
Carregando...