Especial educação na cidade de São Paulo e o legado de Paulo Freire

Rádio Show FM realiza programa especial voltado ao educador Paulo Freire com participação do Vereador Donato (PT)

604

Na quarta feira, 8 de maio, aconteceu na Rádio Oficina, localizada na Vila Monumento, um programa especial a respeito de Paulo Freire, que no dia 12 de abril de 2012, a partir da Lei 12.612, foi considerado patrono da Educação Brasileira. Paulo Freire foi um educador, pedagogo e filósofo brasileiro, considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica, que visa uma maior aproximação do professor e aluno no ensino.

O programa foi transmitido ao vivo pela Rádio Comunitária Show FM, contando com a participação do Vereador Antônio Donato, filiado ao PT. Também participaram do programa várias rádios comunitárias, como a rádio Águia Dourada, Milenium, Alvorada, entre outras, que no decorrer do programa fizeram perguntas ao vereador voltadas à educação. Segundo o Vereador Donato, a criança tem direito ao ensino básico e o governo deve sempre trabalhar para que não faltem vagas em creches e em escolas públicas, “você tem que estimular que todas as crianças tenham acesso à educação infantil, porque a educação infantil é o primeiro passo do processo de aprendizado”.

Segundo ele, a Câmara está tentando colocar em vigor uma lei que coloque nas escolas outros tipos de profissionais, “a gente precisa de outros tipos de profissionais, você precisa de um psicólogo e assistente social. Psicólogos para que aquele aluno que o professor identifica com alguma dificuldade ou problema, que seja mais ‘fechado’, ou que esteja sofrendo bullying, para que ele possa ser acompanhado por um profissional, e o assistente social para que possa identificar possíveis problemas nas famílias”.

O trabalho de Paulo Freire é mais reconhecido fora do Brasil, seus livros e artigos científicos são utilizados na área da pedagogia e em sistemas de ensino de outros países. Segundo Donato, seus livros, e os de outros pensadores, deveriam ser mais utilizados na formação do profissional da educação no nosso país.

Notícia: Letícia Scudeiro. Foto: Divulgação.

Comentários
Carregando...