Publicitário tem pertences furtados em estacionamento de fast food no Carrão

Parqueamento do restaurante não conta com seguranças e câmeras de vigilância afirma vítima

419

O publicitário Antonio Rodrigues Junior, 39, foi surpreendido no início deste mês. No dia 06 de novembro, por volta das 13h30, o profissional teve o vidro de seu carro quebrado e um notebook furtado no estacionamento da rede de fast foods Burger King, localizada na Avenida Conselheiro Carrão.

Com duração de aproximadamente 15 minutos (parada do carro + retorno ao estacionamento), após identificado o furto, o publicitário procurou imediatamente a gerência do restaurante e foi informado pelo responsável Antony (gerente) que os mesmos não se responsabilizavam por atos ocorridos no estacionamento. Antonio afirma ainda que o parqueamento não conta com seguranças e/ou câmeras de vigilância.

De acordo com o artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor “o fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos”.

Visto isso, entende-se que mesmo que o furto tenha ocorrido no estacionamento, é de responsabilidade do restaurante ressarcir os danos sofridos pelo cliente.

 

Posicionamento do Burger King

Em nota oficial enviada ao Jornal de Vila Carrão em 18/11/2019, a rede de fast foods afirma: “O Burger King lamenta o ocorrido na unidade localizada na Av. Conselheiro Carrão e informa que está em contato com o cliente para apurar os fatos e tomar as medidas necessárias. A marca reforça que repudia qualquer ato de violência, seja ela dentro ou fora dos seus restaurantes”.

Sobre a informação citada anteriormente o publicitário comenta: “Ninguém me procurou! Só consegui contato pois acionei o messenger na página oficial do BK”.

Ao ser questionado sobre o sentimento após toda a situação Junior esclarece: “Infelizmente não serei o primeiro e nem o último a passar por isso. A minha principal reação é alertar todos que utilizam este estacionamento, a fim de evitarmos mais episódios assim. Sentimento de esperança em resolver e pagarem meus prejuízos”, conclui.

Estima-se um total de R$ 3.426,46 em prejuízos causados ao cliente, ainda sem nenhuma resposta ou previsão de ressarcimento.

Até o fechamento desta edição, o publicitário não obteve nenhum posicionamento concreto da rede Burger King.

 

Por: Leandro Luz. Foto: Google Maps.

Para conferir outras notícias como esta, acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...