Moradores da Vila Carrão sofrem com esgoto a céu aberto

Mau cheiro e risco de contaminação são as maiores reclamações dos munícipes

95

Os moradores da Vila Carrão e pessoas que passam diariamente por esta zona vivenciaram uma situação incômoda este mês. Até 12 de novembro, os cidadãos tiveram que lidar com um esgoto que corria a céu aberto entre as avenidas Guilherme Giorgi e Conselheiro Carrão (região destinada à futura estação do Metrô de SP Guilherme Giorgi).

Além do mau cheiro que dominava a região, uma das maiores reclamações dos munícipes foi a respeito do risco de contaminação. Há relatos que o problema perdurou por aproximadamente 1 mês até a sua eventual correção.

Embora o terreno a qual o esgoto germinava tenha a finalidade de abrigar uma futura expansão do Metrô de SP, em contato telefônico com a nossa Redação, a SPObras atribuiu a responsabilidade do vazamento à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), que por meio de nota oficial recebida em  18 de novembro se manifestou da seguinte maneira: “A Sabesp informa que realizou a desobstrução do coletor de esgotos nos trechos citados no dia 12 de novembro (terça-feira). 

Depois do recebimento da demanda, uma nova equipe foi ao local e em vistoria técnica foi constatado que as redes coletoras estão operando normalmente”.

Vale lembrar que a cidade de São Paulo sofre diariamente com problemas de esgotos a céu aberto, aumentando assim o risco de contaminação por doenças. 

Caso identifique alguma destas situações em sua região, busque imediatamente um posto de atendimento da Sabesp ou entre em contato pelo telefone 195.

 

Por: Leandro Luz. Foto: Diego Zanini.

Para conferir outras notícias como esta, acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...