Governo apresenta plano de segurança no Carnaval de SP

Rodovias, transporte sobre trilhos e ações de saúde também receberão reforço

26

Governo SP: O Governador João Doria apresentou na última sexta-feira (14) as diretrizes da Operação Carnaval Mais Seguro, que foi implementada já neste final de semana (15 e 16/02) e se repete de 21 a 26 de fevereiro e de 29 de fevereiro a 1º de março. 

A operação envolverá, em média, 15 mil policiais por dia. A Secretaria de Segurança Pública mapeou um total de 2.815 eventos carnavalescos que vão ocorrer em todas as regiões do estado.

“Fizemos um planejamento especial para tornar o carnaval de São Paulo o melhor do país. Além de monitoramento nas estradas e de reforço nos transportes de grande capacidade, montamos uma mega operação policial preventiva. Drones, helicópteros e equipamentos de reconhecimento facial, além de sete delegacias da mulher, funcionando 24 horas por dia, contribuirão para melhorar a segurança dos que vão às ruas para curtir o carnaval”, disse Doria.

Os maiores eventos se concentram na capital, que terá desfiles no Sambódromo do Anhembi e mais de 600 blocos – alguns deles com previsão de mais de 40 mil pessoas em um único desfile de rua. A estimativa é que 15 milhões de foliões participem do carnaval na cidade de São Paulo – acréscimo de 25% ante a 2019.

 

Objetivo das ações

As ações preventivas e ostensivas serão intensificadas para combater crimes, inclusive os de cunho sexual. Haverá postos de apoio nos principais corredores de desfiles de blocos e no Sambódromo, além de tendas com ao menos uma PM feminina para acolhimento a mulheres vítimas de assédio ou em situação vulnerável.

O patrulhamento por viaturas e aeronaves também será reforçado. Em média, 12 helicópteros da PM serão usados diariamente, e locais de eventos terão monitoramento em tempo real por meio do Dronepol – em média, 50 drones por dia. 

A Operação Direção Segura terá 135 pontos de fiscalização diários em vias urbanas e rodovias para coibir infrações de trânsito e flagrar motoristas alcoolizados. Os plantões em delegacias e distritos policiais serão aprimorados e reforçados, inclusive com uso do novo Sistema de Reconhecimento Facial para buscar procurados pela Justiça e pessoas desaparecidas.

No litoral sul, além do efetivo local, há o reforço de 750 policiais militares da Operação Verão Mais Seguro. No litoral norte, o reforço é de 150 PMs. O Policiamento Rodoviário terá 12 veículos a mais para o litoral norte, 20 para o sistema Anchieta/Imigrantes e 17 para o litoral sul.

 

Transporte

A Operação Carnaval Mais Seguro também dará destaque ao transporte rodoviário e por trilhos, além das travessias litorâneas. As rodovias terão reforço operacional e de fiscalização em tempo real com uso de câmeras e drones. 

A travessia Santos-Guarujá terá sete balsas e uma lancha para até 190 passageiros. A Guarujá-Bertioga ficará com duas balsas e uma lancha para 370 pessoas.

Nas linhas de metrô e trens da Grande São Paulo, haverá reforço de funcionários nas estações com maior fluxo de passageiros. Haverá ainda aumento no número de viagens de acordo com a demanda.

 

Saúde

Durante o carnaval, a Secretaria de Estado da Saúde vai atuar em diversas frentes. Para prevenir doenças sexualmente transmissíveis, haverá ações de testagem gratuita para HIV e sífilis, além da distribuição de preservativos masculinos e femininos e sachês de gel lubrificante.

O Centro de Vigilância Sanitária também vai promover blitze especiais da Lei Antiálcool para menores e da Lei Antifumo em estabelecimentos comerciais nos arredores dos locais de concentração de foliões. Em caso de desastres ou acidentes graves, equipes do Grupo de Resgate contarão com estrutura reforçada para atuar com o Águia e Corpo de Bombeiros.

 

Notícia: Da Redação. Foto: Nilton Fukuda.

Para conferir outras notícias como esta, acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...