Governo SP dá início a obras da Linha 6-Laranja

Metrô vai trazer mais mobilidade para 630 mil passageiros no trajeto de deslocamento da Zona Norte para centro da cidade

26

O Governador João Doria (Governo SP) participou nesta terça-feira (6) da cerimônia de início das obras na Linha 6-Laranja de metrô, que vai gerar 9 mil empregos diretos. As obras agora são de responsabilidade da concessionária “Linha Universidade Participações S.A.”, liderada pelo grupo espanhol Acciona, que adquiriu do consórcio Move São Paulo os direitos na parceria público privada (PPP) para a construção, operação e manutenção da linha.

“É a maior obra de infraestrutura do Brasil e da América Latina do ponto de vista de investimento e de empregos diretos e indiretos. Um grande empreendimento aguardado com muita expectativa, não só pela população desta região da cidade, mas por todo Estado de SP e obviamente pela retomada do emprego e da geração de renda tão importante no momento ainda de pandemia”, disse João Doria.

A previsão é que a linha seja totalmente concluída em 5 anos. A concessão inclui ainda a aquisição de toda a frota, que deverá ter 22 trens, e prevê 19 anos para manutenção e operação.

Portanto, com investimento total de R$ 15 bilhões, a Linha 6-Laranja vai atender diariamente a mais de 630 mil passageiros. Além disso, eles terão mais agilidade e conforto no deslocamento entre a Zona Norte e o centro da capital.

Assim sendo, em 15,3 km de extensão, a Linha 6 vai ligar Brasilândia a São Joaquim. O projeto inclui 15 novas estações e contará com integração para outras quatro linhas, do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

 

Sobre o novo tempo de trajeto

Por fim, o trajeto, que atualmente possui tempo médio de 1h30 e só pode ser feito por meio de ônibus no transporte público, passará a ser de apenas 23 minutos quando todo o trecho estiver em operação. “Com a redução no deslocamento de uma ponta a outra da linha, as pessoas terão mais tempo para passar com a família e amigos. É um impacto importante na qualidade de vida dos passageiros”, disse o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

 

Notícia: Da Redação.  Foto: Divulgação.

Assim sendo, para conferir outros conteúdos como este, acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...