Da Vila Formosa ao Louvre: conheça a história do jovem Rodrigo Paladino

Autodidata, o artista compartilha agora suas produções com o maior museu de arte do mundo

743

Rodrigo Paladino, este é o nome do jovem artista, de 20 anos, criado pelos avós, e morador da Vila Formosa, na Zona Leste, e que se tornou um grande destaque. Aos que se perguntam o motivo, ele recebeu o convite para expor suas produções no Museu do Louvre, em Paris, na França.

Apaixonado pelo mundo das artes, Paladino traz releituras de importantes obras em cascas de noz. Seu pontapé inicial foi em uma reprodução da obra “A Noite Estrelada”, de Van Gogh.

Da Vila Formosa ao Louvre: conheça a história do jovem Rodrigo Paladino
Rodrigo Paladino

Quando questionado sobre o motivo de escolher o fruto para suas produções, Rodrigo destacou uma frase em Hamlet, de William Shakespeare, que diz: “Eu poderia viver recluso numa casca de noz e me considerar rei do espaço infinito“.

Ele compartilhou mais detalhes com a equipe da Redação: “Isso me inspirou muito a criar esses universos em lugares tão pequenos quanto a casca de uma noz. Trazer obras de arte tão importantes e levar elas no bolso para qualquer lugar, ou presentear quem se ama, são alguns dos pilares daquilo que acredito basear minha arte”, finalizou.

 

Sobre a exposição

Sobre a exposição no Louvre, ocorrerá em outubro e de acordo com Paladino, funcionará em formato de art shop, ou seja, além de apreciar os artigos, os visitantes poderão adquiri-los.

Da Vila Formosa ao Louvre: conheça a história do jovem Rodrigo Paladino
Rodrigo Paladino

Em relação ao convite para expor suas obras no museu francês, o jovem explicou: “Eu estava me sentindo um pouco mal com tantas notícias ruins relacionadas à pandemia e considerei até sair um pouco das redes sociais, até que vi uma mensagem da empresa Vivemos Arte com um convite de exposição. Na hora eu quase nem acreditei, pesquisei bastante antes de entrar em contato, mas assim que conversei com a assessora ela disse que amou meu trabalho e me senti super feliz por me convidarem”, relatou.

Autodidata, como se intitula Rodrigo, o jovem tem formação em Design gráfico e desde criança possui afinidade com arte e cinema.

Por fim, ao questionarmos se gostaria de deixar uma mensagem de agradecimento, Paladino disse:  “Quero agradecer muito a minha família e principalmente a meus avós pela minha criação na qual pude imergir em imaginação e ter recursos para criar. Gostaria de dizer aos futuros artistas que nunca desistam de fazer aquilo que realmente amam, mesmo não tendo muitas condições”, concluiu.

 

Notícia: Da Redação.  Foto: Rodrigo Paladino.

Assim sendo, para conferir outros conteúdos como este, acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...