Vacinação contra Covid-19 na Mooca

Além de doações de insumos para a ação, profissionais da saúde e áreas de hospital da região foram disponibilizadas para a aplicação das doses de vacina

69

Com o início da vacinação contra a Covid-19 de profissionais da segurança pública, o Grupo São Cristóvão Saúde, por meio de parceria com o 21º Batalhão da Polícia Militar, concedeu insumos para a aplicação das doses e disponibilizou profissionais da saúde para a realização da campanha, finalizada no dia 12 de abril.

O governo de São Paulo disponibilizou milhares de doses da vacina, voltadas a policiais militares, civis, bombeiros, polícia científica, agentes de segurança e de escolta penitenciária e guardas civis metropolitanos municipais. Para ajudar no combate à doença, foram aplicadas mais de 1.100 doses. Além disso, alguns insumos foram doados pelo Grupo, dentre eles: caixas descarpack, sacos brancos infectantes, luvas de procedimento, álcool em gel, aventais descartáveis para os vacinadores, algodão, além de 1.600 blood stop (bandagem – mini curativos) e 1.600 swab (panos umedecidos com álcool).

Setores como segurança do trabalho, centro de atenção integral à saúde – CAIS, marketing, farmácia, enfermagem, compras e almoxarifado foram mobilizados. DE acordo com o CEO e presidente do Grupo São Cristóvão Saúde, Valdir Pereira Ventura, “com muita satisfação, participamos desta importante ação e ficamos felizes em agregar com a doação de insumos, bem como a cessão de profissionais da saúde para a aplicação de doses contra COVID-19, em indivíduos tão merecedores de nosso respeito e admiração”, pontua.

Se você quer conferir outros conteúdos como este aproveite e acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...