Secretário da Educação visita escolas na zona leste da capital

Busca ativa e projeto de leitura fazem parte da rotina das unidades

32

Neste sábado, 3 de julho, o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, visitou duas escolas na zona leste da capital. As Escolas Estaduais Deputado João Doria e Heckel Tavares fazem parte da Diretoria de Ensino (DE) Leste 2. Na visita, o Secretário conheceu projetos das unidades e ouviu sobre necessidades das unidades.

“Hoje tivemos mais uma experiência bacana, é sempre bom visitar escolas, hoje foram duas. É sempre muito bonito de ver o que as escolas de São Paulo estão fazendo em prol da Educação”, disse Rossieli.

Na primeira parada na Escola Estadual Heckel Tavares, localizada no Parque Paulistano, Rossieli avaliou a mudança para o Programa de Ensino Integral (PEI), que ocorreu neste ano e gerou um revolução  na unidade.

“A comunidade escolar fica surpresa com o que está sendo apresentado. O produto final do que é feito aqui nos faz pensar em uma escola de ensino público de qualidade e muito diferente das tradicionais do passado”, destacou a professora Luci Cardoso, que leciona a disciplina de língua portuguesa e também a eletiva de educação financeira na unidade.

A busca ativa também é parte da rotina da escola. A própria diretora, Jucilaine de Araújo Freitas, realiza essa ação buscando os alunos em suas casas. “Como eu moro aqui na comunidade e conheço os responsáveis, eu tenho feito a Busca Ativa de porta em porta, quando necessário, para casos mais extremos, contamos com a parceria do Conselho Tutelar”, explicou.

No Itaim Paulista, a Escola Estadual Deputado João Doria tem se destacado pelos projetos desenvolvidos. A unidade integra o PEI desde 2020.

“O projeto de leitura e contação de histórias tem se destacado e estimulado muito a leitura e curiosidade dos nossos alunos”, afirmou a Vice-diretora da unidade, Andresa Zani Dojicsar. “Nós já convidamos um escritor e uma artista de slam. Os alunos ficaram encantados, eles participam e fazem perguntas, ficam superanimados. Esse lado da leitura, inclusive, ajuda em todos os campos da escola”, completou a coordenadora Vânia Rufino Rivera.

“A visita de hoje me deixa bastante tranquilo porque dá para perceber a preocupação e proximidade do Secretário em relação as nossas escolas. Lembrando que a escola fica na periferia da cidade de São Paulo e por muitos esquecida, então a visita dele, sobretudo em um sábado, mostra preocupação da Seduc em relação ao bom andamento da Educação na nossa comunidade”, finalizou o diretor Kleber da Silva Brito.

Reportagem: Redação.  Foto: Divulgação.

Se você quer conferir outros conteúdos como este aproveite e acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...