78 meninas da Fundação CASA na Mooca são vacinadas contra Covid-19

Adolescentes e jovens na faixa etária de 12 a 20 anos recebem imunização

31

78 adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Chiquinha Gonzaga, no bairro da Mooca, no município de São Paulo, são vacinadas contra a Covid-19. São meninas na faixa etária de 12 a 20 anos que recebem o imunizante a partir de aplicações feitas pela equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) Bertioga, da prefeitura de São Paulo.

A imunização de 1.359 jovens internados em 27 centros socioeducativos da Fundação CASA na capital começou no dia 24 de agosto, no Complexo do Brás. Na ocasião, o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa acompanhou a vacinação.

“Só com a imunização conseguimos resultados ainda mais efetivos para combater a pandemia da Covid-19. A parceria entre o Governo do Estado de São Paulo, a Fundação CASA e a Secretaria da Saúde do Estado com a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria Municipal de Saúde é fundamental para proporcionar o acesso dos jovens atendidos a essa proteção”, afirma Fernando José da Costa.

A Fundação CASA segue o calendário local de imunização (plano municipal), respeitando a ordem estabelecida pelos planos estadual e nacional de imunização contra o novo coronavírus, inclusive naquilo que se destina a pessoas privadas de liberdade.

Em agosto, todas as adolescentes do CASA Chiquinha Gonzaga foram vacinadas contra a gripe H1N1, inclusive aquelas na faixa etária acima de 18 anos. Como é necessário haver 14 dias de diferença entre as aplicações dos imunizantes, todas jovens agora são vacinadas contra a Covid-19.

As vacinações, em geral, ocorrem em parcerias com as prefeituras locais, que disponibilizam os imunizantes e profissionais para a aplicação nos adolescentes em privação de liberdade.

Reportagem: Redação.  Foto: Divulgação.

Se você quer conferir outros conteúdos como este aproveite e acesse a home de nosso site.

Comentários
Carregando...